Uma visita ao Castelo Gillette e Sherlock Holmes

Passeio no estilo medieval, acompanhado do frio rumo a um cenário de encantos

Mochilas nas costas e lá vamos nós rumo a um cenário de encantos junto ao Rio Connecticut, em East Haddam, há cerca de 45 minutos de Hartford. Como companhia, minha amada amiga Scheila Kindermann Campos e filho Leonardo, que deixaram Araranguá/SC por alguns dias e vieram matar a saudade do solo americano. Minhas gêmeas Emily & Alice já conheciam o local e não hesitaram em nos guiar pelas trilhas.

Infelizmente nosso passeio não pode ser completo porque o parque que visitamos não estava aberto para temporada no início de fevereiro. Mesmo assim, super agasalhados para enfrentar o frio intenso do inverno, percorremos o local e capturamos lindíssimas imagens nas redondezas do Castelo Gillette.

Fãs de Sherlock Holmes provavelmente amarão fazer este passeio entre a primavera e o verão aqui dos EUA. O parque abre ao público do “Memorial Day” ao “Labor Day”, das 8 da manhã até o pôr do sol. Para quem tem amigos em Hartford, a ideia é tentadora. O parque tem área para piquenique e para visitar o castelo custa apenas seis dólares.

Wiliam Hooker Gillette, descendente de Thomas Hooker, fundador de Hartford, foi um renomado ator americano que levou Sherlock Holmes dos livros aos palcos no final do século 19. Por isso, William Gillette é conhecido por ser o primeiro Sherlock Holmes e o criador da famosa frase “Elementar, meu caro Watson!”. Com sua retirada dos palcos e cinema, Gillette iniciou a construção de sua mansão em 1914, na época denominada de Sete Irmãs.

Em estilo medieval, o castelo levou cinco anos para ser construído, minuciosamente inspecionado pelo ator. Um detalhe super curioso é que cada porta, num total de 47, foram feitas artesanalmente e distintamente. Você não irá encontrar uma idêntica à outra. Há ainda uma delas, conhecida como sua porta secreta. Quando Gillette não queria ser incomodado por algum visitante, era sua saída escapatória. A mesma porta era usada ainda pelo ator, para fazer aparições surpresas as suas visitas. E por falar em visitas, grandes celebridades foram hóspedes de Gillette: os atores Charlie Chaplin e Helen Hayes, Albert Einstein, o presidente Calvin Coolidge entre outros. Todos eles puderam desfrutar do mesmo cenário nas redondezas do castelo há cerca de 100 anos atrás , porém apreciaram num passeio de trem, uma das invenções de Gillete.

O lado negativo é que o castelo fica a cerca da cidade Lyme (Lima) onde foi registrado o primeiro caso de “Lyme Disease” (doença de Lima), uma das grandes preocupações hoje em dia para quem ama turismo ecológico. No entanto, usando um repelente adequado, você pode seguir o passeio tranquilo, sem se preocupar com o temido carrapato de veado. Conscientizar é importante, caso contrário, “Elementar, meu caro leitor!”

Veja também